NUVEM DE POLUIÇÃO NA INGLATERRA

 

NUVEM DE POLUIÇÃO NA INGLATERRA 

Londres acordou coberto por uma grande nuvem de poluição nesta última quarta-feira, assim como boa parte da Inglaterra. Em algumas regiões os níveis de contaminação foram classificados como altos, o que quer dizer que a concentração de partículas inaláveis (MP10), um dos piores poluentes para a saúde, está em 100 microgramaspor metro cúbico de ar, similar ao registrado em Paris em março. O recomendado pela Organização Mundial da Saúde é que o MP10 não passe de 25 microgramas por metro cúbico de ar. 

0444_polui_c_eoingla

Por isso o Ministério da Saúde do país solicitou que a população evitarem sair de casa ou ficar em espaços abertos, evitarem treinos e exercícios físicos. O nível de poluição atmosférica está tão alto que não é mais seguro respirar ao ar livre. 

size_590_Poluiçao-londres

Este quadro pode se estender até amanhã e foi provocado pelas emissões locais, contaminação industrial e ainda a poeira do Deserto do Saara. Essa poeira se juntou à poluição do local e, por uma mudança nos ventos, ficou presa nas próprias cidades poluidoras. Por isso, a situação é pior em Londres. 

  london-eye-116med

O governo está recebendo críticas por não tomar ações muito duras contra a poluição do ar. Na crise desta semana, o governo não tomou medidas de emergência, como fez a França (exemplo: rodízio de carros, incentivo ao transporte público). Além disso, o Reino Unido não conseguirá cumprir as metas de redução de poluição da União Europeia em Londres e outras quinze cidades, e pode ser multado por isso. Em 20 de fevereiro, a Comissão Europeia iniciou procedimentos jurídicos contra o Reino Unido por descumprir a obrigação de reduzir os níveis excessivos de dióxido de nitrogênio (NO2), um gás tóxico produzido fundamentalmente pelos veículos. A expectativa das autoridades é que ventos dispersem a nuvem de poluição na sexta-feira. 

Sobre o Autor

Deixe seu recado