A FALTA D’ÁGUA E NOSSO COTIDIANO

 

A FALTA D’ÁGUA E NOSSO COTIDIANO

Algumas regiões do país estão acostumadas a lidar com a falta de água, no entanto, nos últimos meses, São Paulo está enfrentando um quadro histórico de seca.

O nível do Sistema Cantareira, que abastece boa parte da região metropolitana e interior de São Paulo, está operando com apenas 8,4% da capacidade de armazenamento, de acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

cantareira1912370_10201717904655479_499471661_n capa

Segundo a Agência Nacional de Água, a água do reservatório deve durar até novembro, já contabilizando a utilização do volume e a reserva técnica, que não tem previsão de uso, de 50 bilhões de litros. As obras que estão sendo feitas para possibilitar o uso deste volume devem terminar esta semana.

O que se fala é que a culpa é da chuva, que praticamente não apareceu no período que mais chove na região. Mas será? E os investimentos no sistema de mananciais? SP opera com o mesmo sistema há anos, no entanto a população aumentou muito, e claro que os investimentos em infraestrutura não acompanharam este crescimento. O Poder Público continua a tratar a água como um bem infinito, o que reflete na educação da população que pouco, ou nada mudou, no seu cotidiano.

A água é um dos assuntos que vão ser abordados no I Fórum Latino-Americano de Infraestrutura Verde Urbana. O que esta sendo feito em outros lugares? Como reutilizar a água de uma maneira simples, inteligente e com baixo-médio investimento? A mudança tem que acontecer em todos, em cada casa, na cabeça de cada habitante, e claro, com os nossos governantes! Participe do Fórum e veja alternativas para mudar nossas cidades!

Informações sobre o evento: http://migre.me/jarVR

 agua

Sobre o Autor

Deixe seu recado